[GTER] RES: roteador de borda

Rubens Kuhl rubensk em gmail.com
Sábado Junho 6 18:21:25 BRT 2009


2009/6/6 Gustavo Santos <gustkiller em gmail.com>:
> O problema é que no nosso caso não poderiamos utilizar PCQ. Devido a grande
> variação de velocidades de acesso entre outros parametros de prioridade e
> garantia, torna a utilização do pcq inviável por aqui.

Esse tipo de diversidade raramente resiste a uma análise de Pareto...
provavelmente 80% das queues são mapeáveis nos dedos da mão do Lula em
quantidade de produtos, sendo que as outras tendem a ser quase que 1
cliente = 1 produto.

Matar 80% das queues e um bom número de regras de firewall fazendo
marking já deve ajudar bem.


> Tirando este fator ,
> existe outro como o valor exorbitante que é cobrado por uma rb1000 aqui no
> Brasil, mas em pops menores a rb450 funciona muito bem , inclusive

A RB450 ou a RB450G ?

> utilizando mpls que até melhora a performance das rb450. Já teve caso de pop
> consumir em media 40 50% de cpu cair para menos de 25% utilizando mpls em
> conjunto com o ospf.

MPLS ajuda a não passar pela parte IP do kernel... provavelmente a
utilização combinada de L2 ou raw-L3 desse o mesmo efeito que você
teve com o MPLS. Se você associar outros ganhos do MPLS conforme o MT
for implementando (TE, FRR, L3 VPN) aí sim vai fazer diferença.


Rubens



More information about the gter mailing list