[GTER] Amapa/Macapa

Gustavo Campos guhcampos em gmail.com
Quarta Junho 10 09:34:06 BRT 2009


Só uma dúvida relacionada.

Alguém sabe como que a RNP chega ao Amapá?

2009/6/9 max _tor <maxthetor em gmail.com>:
> Wenderson, tranquilo, agradeco por ter respondido.
>
> Com relacao ao grupo de empresario, nao entendi porque Belem,
> cidade com melhor investimento de backbone mais proxima?
> ou simplesmente unica alternativa?
>
> Olha Wenderson, conhecendo as historias do Carlos Slim (
> http://pt.wikipedia.org/wiki/Carlos_Slim_Hel%C3%BA ) ,
> fico meio em duvida com relacao ao seu comentario das operadoras, que nao
> querem
> investir mais para nao baixarem os precos, aposto mais em viabilidades
> tecnicas
> e quando fala em viabilidade, falo em $$, imagino que o investimento seja
> tao
> alto que so daria certo se grandes operadores se unisessem, que nao e comum,
> so quando se compram :) , mas tambem e o que acho, nao sao certezas.
>
> Quanto de banda voce opera hoje? lantecia nessa magnitude, nem pensar em
> voip
> correto?
> Com relacao a ultima milha, acho que e um processo relativo, a medida
> que tem banda, as ultimas milhas se formam, cabo (coax), FTH , radio,
> ADSL, isso ja seria questao de tempo.
>
> Acho tambem, que se um grupo forte ou um empresario independente, fizer o
> investimento
> entregando nao so internet, mas telefonia fixa e outros servicos para o
> mercado empresarial , logo nao se ganhara dinheiro com acesso a internet,
> alguma ou todas grande investira tambem, gerando concorrencia e aquecimento
> no mercado local, portanto nao vejo como salvacao mas como aceleracao.
>
>
> Mas sao apenas duvidas e discussoes correto ?
>
> Abracos
>
>
> 2009/6/8 Wenderson Souza <wendersonsouza em gmail.com>
>
>> Boa noite,
>>
>> Conforme dito pelo colega Mayk, o qual conheço pessoalmente e tenho grande
>> respeito pelo seu grande conhecimento nesta área de Internet entre outras,
>> existe sim este grupo de empresários que está com o projeto de trazer de
>> Belém para Macapá através da tecnologia a rádio (segundo meu conhecimento)
>> internet com velocidades maiores e/ou latências menores, trazendo assim a
>> tão "esperada" banda larga.
>>
>> Apesar de (tecnicamente falando) Macapá já ter banda larga (
>> http://pt.wikipedia.org/wiki/Banda_larga), visto que qualquer conexão que
>> trafega acima dos 56kbps do modem discado, já pode-se considerar banda
>> larga. Só que as velocidades vistas nas capitais que são atendidas por
>> backbones em fibra óptica não são tangíveis em Macapá pelo custo do link
>> satelital ser muito alto.
>>
>> Querem um exemplo, Manaus, tem banda larga pelo Velox, mas já viram o
>> custo?
>> Custo alto por usar backbone satelital. Seria o mesmo que aconteceria em
>> Macapá. (
>>
>> http://oivelox.novaoi.com.br/portal/site/OiVelox/menuitem.ebeac1048536fb0248de9f76f26d02a0/?vgnextoid=c0456b009fcf2110VgnVCM10000090cb200aRCRD&STATE=3|AM|Amazonas<http://oivelox.novaoi.com.br/portal/site/OiVelox/menuitem.ebeac1048536fb0248de9f76f26d02a0/?vgnextoid=c0456b009fcf2110VgnVCM10000090cb200aRCRD&STATE=3%7CAM%7CAmazonas>
>> )
>>
>> As operadoras de telefonia do estado do Amapá não têm interesse em trazer a
>> tão esperada fibra óptica para Macapá, porque isso diminuiria seus lucros
>> locais (com o acesso discado e com os altos preços de vendas de links
>> dedicados para governo e ISPs). E necessitaria de um investimento muito
>> alto
>> para funcionar internamente.
>>
>> Apenas trazer a fibra nao resolveria o problema local, ja que nao tem
>> infra-estrutura interna necessária para instalar redes xDSL. Motivo? Redes
>> sucateadas, analógicas (as mesmas recebidas do sistema Telebrás na
>> privatização), amplificadas. Apenas alguns bairros têm URAs capazes de se
>> instalar um DSLAM e fazer o negócio acontecer. O restante é totalmente
>> analógico e tem sua troca inviável.
>>
>> Assim como o Mayk trabalho em ISP e nossa cidade sofre muito com a falta de
>> um backbone terrestre que nos interligue com o restante do brasil com
>> latências adequadas.
>>
>> Hoje nossa latência mínima em Macapá é entre 550 ms a 600 ms, isso por
>> culpa
>> do acesso satelital.
>>
>> Então a fibra nao resolveria? Sim e não, pois vindo a fibra poderíamos
>> comprar links dedicados por valores menores e repassar isso para os
>> consumidores. Velocidades maiores por preços menores. Mas nao teria (de
>> imediato) o ADSL disponível. Mas os ISPs via rádio conseguiriam atender
>> seus
>> clientes com melhores qualidades.
>>
>> Rede 3G existe em Macapá, mas apenas internamente. Vídeo-chamada apenas
>> local. Passou para o satélite a mágina pára.
>>
>> E aquele grupo de empresários será a salvação? Sim e não, pois o monopólio
>> continuará(ria) existindo sem garantias de menores preços para os clientes
>> (que é o que importa no final das contas).
>>
>> A salvação, que todo mundo espera, além de governo, iniciativa privada e
>> consumidores, é mesmo a chegada do linhão de Tucuruí em Macapá, juntamente
>> com o mesmo virá (segundo cláusula licitatória) "cabos" de fibra óptica
>> para
>> libertar o povo amapaense desse desespero "desconectado". O problema número
>> 2 é: quem irá explorar esse meio físico?
>>
>> PS: Peço desculpas ao amigo "Max The Tor" pelo meu e-mail anterior ter sido
>> menos "burocrático" e explicativo.
>>
>>
>> Atenciosamente,
>>
>> Wenderson Souza
>> e-mail: wendersonsouza em gmail.com
>> msn: wendersonsouza em msn.com
>>
>>
>> 2009/6/8 mantunes <mantunes.listas em gmail.com>
>>
>> > Olha,
>> >
>> > tenho um amigo que trabalha na capital
>> >
>> > segundo informações dele..
>> >
>> > Não tem banda larga em Macapá.
>> > Não tem rede 3g
>> > a saída é somente via satélite  o delay é de 7milisegundos
>> > tem Telemar e Oi e provedores via rádio..
>> >
>> >
>> > 2009/6/8 max _tor <maxthetor em gmail.com>:
>> > > Senhores, alguem na lista de amapa/macapa, que possa dar referencia de
>> > como
>> > > esta
>> > > o acesso por essa cidade/estado??
>> > > Quem atende? OI/Embratel? outra?
>> > > Servico precario? bom?
>> >
>> --
>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>
> --
> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>



-- 
--
Gustavo Campos
Sistemas de Informação - UFMG



More information about the gter mailing list