[GTER] e-learning IPv6 do NIC.br

Anderson Goulart globalx em gmail.com
Quarta Junho 3 22:12:20 BRT 2009


Olá Antônio,

2009/6/3 Antonio M. Moreiras <moreiras em nic.br>

> Olá Anderson,
>
> Agradeço as críticas e acredito que elas sejam pertinentes.
>

Ótimo..


>
> É bom dizer que contratamos uma empresa especializada e com boa
> experiência de mercado na área, que nos auxiliou na maioria dos aspectos
> que você citou. Suponho, entretanto, que o que é estado da arte na
> academia, não seja ainda o estado da arte no mercado...
>

Bom, não faço parte da Unicamp, mas sim da lista de EAD hospedada por ela.
Lá se discute metodologias, idéias, software e tudo relacionado à EAD. Nesta
lista não há só acadêmicos, na verdade há sim um montão de empresários
querendo usar o EAD para vender seus cursos nas universidades públicas
(cursos de extensão e pós) e privadas. Portanto, minhas colocações não são
tão acadêmicas assim e já estão espalhadas pelo mundo afora.

https://www.listas.unicamp.br/mailman/listinfo/ead-l

Eu não quero julgar a capacidade técnica da empresa contratada, pois também
não sou um especialista no assunto, mas me interesso muito por EAD pois
adoro estudar e ensinar. Sou um crítico chato e tento sempre aplicar os
métodos em mim para ver se não vou ficar com sono, com prguiça ou se o
rendimento será interessante. Sou um cobaia de mim e de outras experiências
no que se relaciona com ensino, aprendizagem, pedagogia, etc. Não sou
pedagogo, mas um computeiro interessado na área, apenas.




>
> Temos outras ferramentas, que suponho, amenizem a situação e
> complementem o curso, como o site (http://ipv6.br), sala de chat no IRC
> e, em breve, cursos presenciais com laboratório.
>

São totalmente pertinentes.


>
> Se você ou o pessoal de EAD da Unicamp puder nos fornecer sugestões
> pontuais e práticas sobre como melhorar o curso em si, faremos o
> possível para implementá-las. Se houver alguém disposto a usar o
> conteúdo produzido e criar um curso totalmente novo e baseado em
> melhores técnicas, certamente autorizaremos o uso do material.
>

Posso fazer esta sugestão para o pessoal da lista, mas como seu caráter lá é
discutir metodologias de EAD, não sei como um curso de IPv6 será recebido!
:D

Minhas sugestões simples seriam as seguintes:

- Lançe esse mesmo material no formato de livro em pdf. Já que a mulher não
fala nada além do que está escrito, talvez seja mais rápido para o
interlocutor ler o texto do que escutar o que ela está falando. Eu fiquei
com muita preguiça em alguns momentos do curso. Em alguns slides, eu tinha
que esperar aparecer todas as frases pra ver se tinha algo de interessante,
já que as primeiras eu ja sabia e não queria esperar a mulher terminar de
falar.

- Faça uma experiência simples: coloque algum de vocês para "regravar" a
aula da seguinte maneira: utilize uma linguagem natural, sem ler os slides,
tentando explicar as idéias, sem precisar fazer roteiros nem nada. Mas tem
que ser alguém que entenda muito do assunto, para poder fazer comentários
extras, etc. Publique e veja os resultados e comentários aqui na lista. Tem
vários softwares que fazem isso como o camtasia (trial disponível) e
gtk_recordmydesktop (free). Se pudesse incluir exemplos de como configurar a
rede IPv6 em linux/windows/bsd seria legal. Algo como um laboratório
gravado.

- Um terceiro ponto: tente você mesmo assistir todo o curso como se fosse um
aluno. Faça suas próprias críticas. Ou peça alguém da sua família para ver o
material. Eles devem ter opiniões tão pertinentes quanto às minhas. Eu
sempre uso meus irmãos/namorada como cobaias! :D


Abraços, global



More information about the gter mailing list