[GTER] RES: Monitorar MSN e e-mail é legal?

Rafael Possamai rafaelpossa em gmail.com
Quinta Maio 31 18:50:01 BRT 2007


Ok, mas se o funcionário "perceber" que o sysadmin leu um de seus e-mails 
particulares usando  ferramentas da rede da empresa (o que me parece ser 
difícil), se houver uma denúncia, que órgão público seria responsável pelo 
processo todo?


----- Original Message ----- 
From: "Renato Frederick" <frederick em dahype.org>
To: "'Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes'" 
<gter em eng.registro.br>
Sent: Thursday, May 31, 2007 1:22 PM
Subject: [GTER] RES: Monitorar MSN e e-mail é legal?


Pelo que sei, informado por alguns professores de direito, quando estudei, o
email da Empresa (fulano em empresa.com) é propriedade da empresa e esta que
responde pelo que trafega nele. Então, pode sim monitorar, evitando por
exemplo, que fulano envie um conteúdo racista pelo email da empresa e ela
que arcaria a responsabilidade.
Já o email do funcionário, particular (fulano em hotmail.com), é ilegal o
monitoramento, pois é particular do funcionário. Assim, a empresa tem que
arrumar um meio técnico de evitar que este e-mail caia dentro da rede da
empresa(Proxy, firewall, etc etc), pois se o funcionário conseguiu abrir
este email do PC dele, qualquer que seja a informação que está lá, a empresa
não pode ler e se ler já cometeu crime.

Quando o MSN, não sei lhe informar! 




More information about the gter mailing list