[GTER] Empresa com 2 links internet

Gilberto Villani Brito linux em giboia.org
Quarta Maio 16 11:23:54 BRT 2007


On 11/05/07, Tukso Antartiko <tukso.antartiko em gmail.com> wrote:
> Antes que alguém comece a dividir prefixos a lacnic define tamanhos
> mínimos de prefixos. Se você anunciar algo menor do que o definido
> corre risco de drop. Segundo a Lacnic alguns /20 não são divisíveis.
>
> Você não precisa justificar um /20 para receber esta alocação do
> registro, basta justificar um /22 para receber a alocação de um /20.
> No meu entendimento isto foi um jeitinho para adequar a realidade às
> definições da lacnic.
>
> Quanto ao uso de ASN privados você pode não conseguir comprar trânsito
> para toda internet usando um ASN privado, mas algumas operadoras A
> deixam você usar ASN privado (e ips de outra operadora B) mas
> restringindo o trânsito à rede da operadora A. Não é muito útil para
> redundância mas há quem se interesse.
>
> On 5/11/07, Carlos Henrique Romaneli <henrique em londrina.net> wrote:
> >
> > De fato funciona, ate mesmo sem problemas entre
> > os segmentos sendo o mesmo fornecedor de transito.
> > Mas o modelo ficaria comprometido quando fosse
> > aplicado na segunda rodada, ou seja, se o dono do
> > AS fizer mais vezes, vai divulgar redes /22 ou
> > menores e acabar recebendo bloqueios de
> > administradores que "economizam" memoria com tabelas de rotas...
> >
> > >Na verdade, é possível operar com o mesmo ASN desde que não hajam
> > >endereços sobrepostos. Por exemplo, se o /20 citado for repartido em 2
> > >blocos /21, e um usuário 1 anunciar o primeiro /21, e o usuário 2, o
> > >segundo /21.
> > >
> > >O único problema será de alcançabilidade entre alguém no bloco e
> > >alguém no bloco 2. Para resolver isso, é necessário fechar uma sessão
> > >BGP multi-hop para passar o bloco 1 para  a rede 2 e vice-versa,
> > >provavelmente usando ASNs privados nessa sessão já que ambos se
> > >acreditam o mesmo AS.
> > >
> --
> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>

Os e-mails acima falaram tudo.
Simplificando, o que iria acontecer é que você iria na verdade comprar
o link do provedor dono da AS e este iria "terceirizar" o meio físico
para a Embratel, BrasilTelecom e outros.

Abraços
-- 
Gilberto Villani Brito
System Administrator
Londrina - PR
Brazil
gilbertovb(a)gmail.com



More information about the gter mailing list