[GTER] Respostas criativas das operadoras

Rubens Kuhl Jr. rubensk em gmail.com
Sábado Maio 5 00:10:21 BRT 2007


> Eu tenho alguns links entre SP e Manaus e essa semana, completou a incrível
> marca de 50 quedas este ano de um deles.
> Questionado a operadora (Embratel) sobre a última queda de um "Prime link
> via fibra", recebi a seguinte justificativa  no chamado:
>
> " Motivo da queda é muita névoa entre outras causas naturais. Previsão de
> no maximo uma hora, pois o tempo já deverá estar limpo."

O que indica que não é o enlace inteiro que transita por fibra, apenas
uma parte dele. Possibilidades:
1) O circuito de acesso local em uma das cidades utiliza rádio de alta
freqüência (23 GHz ou superior). Eu já vi circuitos dessa freq.
oscilarem com neblina densa.
2) O circuito de trânsito por alguma região sem fibra utiliza
tropodifusão, em que é usada reflexão nas camadas altas da atmosfera
(a troposfera, daí o nome), em que as massas de ar úmidas são
utilizadas como ponto de reflexão. A Embratel é sabidamente usuária
dessa tecnologia na região Norte, mas supostamente deveria usar esses
enlaces para telefonia, não para dados...



Rubens



More information about the gter mailing list