[GTER] RES: RES: RES: WiMax

"Fabrício F. Kammer" ffkammer em conchalnet.com.br
Terça Agosto 1 21:31:43 BRT 2006


Boa noite Eduardo,

Obrigado pela sua explicação, foi bem completa.

Se for como vc está falando acho que não é o momento ainda para 
testarmos a tecnologia WiMax aqui, iremos aguardar.

Só prá deixar relatado, utilizamos equipamento Tranzeo para os enlaces 
ponto a ponto em 5.8Ghz (802.11a) aqui e funcionam muito bem, temos 
enlaces de 30Km com 8Mbps full e uptime de pelo menos 6 meses.

[]s

Fabrício F. Kammer

Eduardo Santos Back escreveu:
> Olá Fabrício, indo direto ao ponto:
> 
> 1) Enlaces sem visada: o mesmo desempenho que outros rádios OFDM. Sem
> vantagens para o Wimax. Sem visada é complicadíssimo, só distâncias muito
> curtas, com algo que reflita diretamente o sinal vindo da base e claro, do
> rádio-cliente.
> 2) Velocidade full duplex: em testes de 8Km, velocidade de até 8Mbps num
> sentido, usado 3,5MHz de largura de banda. Se usar full, conseguimos por
> volta de 5Mbps.
> 3) Quanto a distância, não fizemos testes maiores. O teste foi bastante
> engessado, devido ao tipo de antena e o fato da base ser muito grande,
> pesada, etc. Mas posso afirmar por experiência que a instalação iria no
> máximo a uns 25Km. A antena da base era uma setorial de 60 graus e no
> cliente uma integrada se não me engano de uns 18dBi. Sem linha de visada,
> apenas casos especiais, tipo 3Km, ainda assim enlaces muito ruins, de baixo
> desempenho, refletindo em prédios próximos.
> 4) Estabilidade: o link caiu diversas vezes, sem explicação. Possivelmente
> por ser um produto em fase de certificação, mas que deveria funcionar
> perfeitamente.
> 
> Em linhas gerais, está muito caro, não faz tudo o que se imagina e a mídia
> diz: - 40Km, sem visada, na antena interna do notebook, a 72Mbps. Esquecem
> de dizer que é uma coisa ou outra. Ou se usa a 40Km com antenas especiais e
> baixo thorughput, ou sem visada com baixo desempenho a curtíssimas
> distâncias, ou curtas distâncias com antenas boas e mais velocidade, e assim
> por diante. Há que se observar o comportamento do rádio com mais clientes.
> Isto não pude testar, mas já tive surpresa com outros fabricantes em outras
> tecnologias.
> 
> Mas acredito que a tecnologia vai se firmar, especialmente se falando em
> padronização, poder usar rádios de diferentes fabricantes reduzindo o custo.
> Mas também há que se dizer que os rádios serão interoperáveis, mas só no
> básico. Cada fabricante claro vai ter seus "Ases na manga". Ou seja, vai
> funcionar um cliente de um na base de outro, mas aquela modulação especial,
> aquela parte do protocolo que a empresa X desenvolveu só para os seus rádios
> e que dá algum tipo de vantagem, vai funcionar só para os da mesma marca.
> Como tantos outros que conhecemos em 802.11b. Senão, por que eu iria comprar
> o rádio do fornecedor X em vez do Y?
> 
> []´s
> 
> Eduardo.
> 
> -----Mensagem original-----
> De: gter-bounces em eng.registro.br [mailto:gter-bounces em eng.registro.br] Em
> nome de "Fabrício F. Kammer"
> Enviada em: segunda-feira, 31 de julho de 2006 18:02
> Para: Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes
> Assunto: Re: [GTER] RES: RES: WiMax
> 
> Boa tarde Eduardo,
> 
> Vc poderia postar os resultados dos testes feitos por vocês?
> 
> Há alguns meses que estamos estudando as possibilidade de testarmos 
> alguns equipamentos WiMax, o que está barrando os testes são os custos 
> dos pontos clients... pq o custo da base já reduziu bastante e se 
> deduzirmos o mesmo entre os nr total de clientes já está bem mais 
> próximo da nossa realidade.
> 
> Mas gostaria de saber o que foi desanimador nos testes, pois talves 
> adiemos os testes por aqui.
> 
> Se possível, gostaria que você nos informasse do seguinte:
> O que vc achou do enlacen sem visada direta?
> Qual a velocidade full-duplex conseguida?
> Qual a distância que vcs conseguiram com e sem linha de visada?
> O link é estável?
> 
> []s
> 
> Fabrício F. Kammer
> Conchalnet
> www.conchalnet.com.br
> 
> Eduardo Santos Back escreveu:
>> Para operação comercial a licença SCM é imprescindível.
>>
>> Quanto à freqüência, os equipamentos Wimax que tenho visto operam em
> 3,5GHz,
>> o que não quer dizer que não vai haver para outras freqüências. Se
>> conseguires um de 2,4 ou 5,8, podes usar. Li que em Campinas está sendo
>> testado Wimax em 2,5GHz, que é uma freqüência autorizada para emissoras de
>> TV que usam sistema MMDS.
>>
>> Mas com certeza vai ter Wimax para 2,4 e 5,8. É uma questão de tempo. Hoje
> o
>> equipamento é caro, mas vai baratear com certeza, senão ninguém vai
> comprar.
>> Até porque não faz nenhuma mágica em relação aos equipamentos atuais. É
>> muita mídia e pouco resultado. Posso dizer porque já testamos equipamentos
>> com esta tecnologia.
>>
>> Eduardo.
>>
>> -----Mensagem original-----
>> De: gter-bounces em eng.registro.br [mailto:gter-bounces em eng.registro.br] Em
>> nome de Jean Marcel Vosch
>> Enviada em: segunda-feira, 31 de julho de 2006 13:36
>> Para: Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes
>> Assunto: Re: [GTER] RES: WiMax
>>
>> Daniel,
>>
>> Acho que para uso "interno" tipo Matriz - Filial ou Filial - Filial não
>> exige qualquer autorização.
>> Mas para exploração comercial precisa, no caso as concessões q eu tinha
>> dito.
>>
>> Jean
>>
>> Em 31/07/06, Blanco, Daniel <blanco.daniel em siemens.com> escreveu:
>>> Na verdade Eduardo, gostaria de saber como eh possivel fazer uma
>>> comunicacao WiMax dentro de Curitiba. O que eh necessario em termos de
>>> papeis para fazer a comunicacao.
>>>
>>> Obrigado
>>> Daniel Blanco
>>> www.siemens.com.br
>>>
>>> -----Original Message-----
>>> From: gter-bounces em eng.registro.br [mailto:gter-bounces em eng.registro.br]
>>> On Behalf Of Eduardo Santos Back
>>> Sent: Monday, July 31, 2006 1:30 PM
>>> To: 'Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes'
>>> Subject: [GTER] RES: WiMax
>>>
>>> Daniel, poderias ser mais específico? A princípio SCM. Não importa se o
>>> equipamento é Wimax ou não desde que atenda às normas gerais da Anatel
>>> tipo
>>> limitação de emissão, freqüência correta, homologação, etc.
>>>
>>> Eduardo.
>>>
>>> -----Mensagem original-----
>>> De: gter-bounces em eng.registro.br [mailto:gter-bounces em eng.registro.br] Em
>>> nome de Blanco, Daniel
>>> Enviada em: segunda-feira, 31 de julho de 2006 13:11
>>> Para: Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes
>>> Assunto: [GTER] WiMax
>>>
>>> Ola pessoal.
>>>
>>> Alguem conhece as leis para explorar WiMax?
>>>
>>> Abracos
>>> Daniel Blanco
>>> www.siemens.com.br
>>> --
>>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>>
>>> --
>>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>> --
>>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>>
>> --
>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>
>> --
>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
> --
> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
> 
> --
> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter



More information about the gter mailing list