[GTER] Marketing direto entra no combate ao spam

Wallace A. B. S. de Macedo wallace em furukawa.com.br
Terça Fevereiro 25 16:19:01 BRT 2003


Talvez Rubens!
 
Em dezembro de 2001 Ram Gopal, Zhiping Walter e Arvind Tripathi escreveram um artigo (Admetiation: New Horizons in Effective Email Advertising) propondo um modelo de conter o spam. Este modelo expressa a figura de um "admediary", uma espécie de mediador entre o vendedor e o consumidor. 
Basicamente, este modelo é caracterizado pelo cadastro de consumidores e vendedores. O consumidor especifica quais suas preferências. O vendedor paga pelo serviço do mediador e recebe as informações de usuários de acordo com seu negócio e envia e-mail apenas para os interessados. 
Neste modelo, outros tipos de negócios e vantagens podem ser gerados, como descontos para usuários que utilizam tal "mediador" e etc.
Se o usuário receber um e-mail fora de um "admediary" cadastrado, ele pode considerá-lo não confiável e descartá-lo. Deste modo, pouco a pouco o modelo pode ganhar força sim. Pois uma empresa não cadastrada em um "admediary" torna-se suspeita. E tecnicamente pode ajudar os filtros de spam.
Acredito que é aí que o setor de marketing direto quer entrar. Ser a espécie de ponte para consumidor, mas com uma legislação forte, pois isto também é pré-requisito para o sucesso do modelo, pois senão os mediadores terão que competir com os spams.
 
Abraço
 
Wallace
 

>>> rubens em email.com 2/25/03 3:51:50 >>>

Eles só querem legislação real para substituir o
centésimo-enésimo-congresso-dos-spammers e homologar o spam como tendo
previsão legal.
Embuste.


Rubens


----- Original Message -----
From: <elp em agestado.com.br>
To: <gter em eng.registro.br>
Sent: Tuesday, February 25, 2003 3:48 PM
Subject: [GTER] Marketing direto entra no combate ao spam


Pessoal, vejam a perola que saiu no Wall Street Journal Online ...


  Marketing direto entra no combate ao spam

  A batalha contra o spam, ou e-mail comercial não solicitado, está
  ganhando um aliado inesperado: o setor de marketing direto. A crescente
  maré de spam forçou esse setor, conhecido por remeter correspondência
  comercial pelo correio, a apoiar a idéia de uma legislação federal nos
  EUA para deter a inundação. A Direct Marketing Association (DMA -
  Associação do Marketing Direto), um grupo comercial de empresários que
  fazem vendas diretas ao consumidor, quer a aprovação de legislação
  federal nos EUA para restringir o spam para este ano ou o próximo. Isso
  torna mais provável a aprovação dessas leis, já que a Direct Marketing
  Association tem um lobby poderoso e se opunha anteriormente a leis e
  regulamentações federais de qualquer tipo. Agora sugere que a lei
  acompanhe as diretrizes voluntárias da associação, que exigem a garantia
  de que os destinatários têm uma forma de retirar seus nomes das listas de
  e-mail. Além disso, a DMA planeja sugerir multas de US$ 11 mil por
  violação. A DMA diz que agora há tanto spam que é impossível conseguir
  que seus associados sejam ouvidos. "O volume é tão grande que precisamos
  de algum tipo de intervenção federal," diz Jerry Cerasale, senior
  vice-presidente da DMA. O grupo quer que os 'marketeiros legítimos'
  possam continuar usando e-mail. (The Wall Street Journal Online,
  25/02/2003)

  []s ELP
  Eduardo Lucas Pinto                         elp em agestado.com.br 
  Gerente de Redes/Desenv Web     +55-11-3856-2124
  Agencia Estado Ltda                          http://www.estadao.com.br 

--
GTER list    http://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter 

--
GTER list    http://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter 


-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://eng.registro.br/pipermail/gter/attachments/20030225/8a123bc0/attachment.html>


More information about the gter mailing list