[GTER] dúvidas

Hermann Wecke hermann em rodeios.com
Quarta Novembro 13 21:46:01 BRST 2002


On 13 Nov 2002, Luiz Eduardo (Doc) wrote:

> 1) SPAM
> 1.1
> Alguém sabe se a Telefonica toma algum tipo de atitude quanto a SPAM. Eu
> sinceramente cansei de mandar email para eles, com cópia para o
> antispam.org.br. Eu acreditava que reclamar era a solução, mas....

Reclamar pra telefonica? Perdeu seu tempo... Mais fácil adotar o bloqueio
do reverso dsl.telesp.net.br e dormir sossegado... Em casos extremos, a
solução é bloquear os 6 ou 7 /16 que eles tem... Mas nem assim tomam
vergonha na cara. Afinal, só vi eles se mexendo quando precisaram de novos
/16 do CANIP (assinaram até um pedaço de papel higiênico, digo, carta de
compromisso prometendo "competência" no uso dos novos blocos... baah...
balela pura e o CANIP nada fez com o papel higiênico)

A última besteira gigantesca que a telefonica fez foi começar a colocar
reverso nos speedies business. Agora temos vários reversos de:
1) domínios inexistentes;
2) domínios congelados (por falta de pagamento provavelmente);
3) reverso sem direto.

Ao ser avisado dos problemas, responderam "já estamos fazendo muito, e só
o fizemos [colocar o reverso] porque o registro.br obriga-nos a
colocá-los, porque nem isso deveriamos fazer".

Já o abuse em antispam.org.br recebia 300 msgs por dia. Agora recebe quase 8
mil... além disso, o Movimento AntiSPAM pouco (ou quase nada) pode fazer
quando se trata de uma rede reconhecidamente ineficiente em matéria de
controle dos usuários... Quando o outro lado tem vontade, o pessoal até
tenta orientar, "cobrar", colaborar. Agora quando vc sabe que do outro
lado vc tem o abuse da embrat^H^H^H^H^H^H telesp/telefonica, é pura e
absoluta perda de tempo.

Uma vez já sugeri um teste: mande um e-mail pra abuse em telesp.com.br
pedindo "favor entrar em contato comigo pelo telefone (xx) tal". Vale um
/16 do CANIP como eles não lerão sua mensagem.

> 1.2
> O registro.br faz alguma coisa com relação a spam vindo/ relacionado à um
> site registrado com eles?

nao, e nem pode...

> 1.3
> a grande maioria (90%) dos spams que eu recebo são no endereço que estou
> cadastrado no registro.br

Houve no passado um harvest GIGANTESCO na base de dados do registro.br
Hoje em dia as listas que sao vendidas contem os e-mails coletados há
muito tempo atrás. Há quase um ano eu mudei *todos* os e-mails de contato
no registro.br. Até hoje NUNCA recebi SPAM nos e-mails registrados
atualmente.

Hoje o registro.br adota um sistema que bloqueia a consulta quando vc faz
um certo nr de requests contra o whois. O IP fica bloqueado por um
determinado tempo, o que evita um harvest da base de dados. Pelo que eu
percebi, mostrou-se bem eficiente contra harvests...

> Em vários registrars cada vez que você dá um whois, ele pede para você
> digitar o tal número randômico que está num gif (evitar scripts). Tenho
> quase que certeza que essa foi a maneira com que chegaram no meu email  e
> depois provavelmente caiu nas listas que vendem por aí. A pergunta nisso é,
> existem planos do registro.br implementar algo que evite esses scripts?

Na época que isso foi feito (harvest) nenhum registrar adotava esse gif...
isso é coisa mais "atual"...

Além disso, não vejo necessariamente essa atitude (GIF) como uma solucao.
Ajuda, mas o que resolve mesmo é um provedor competente que atue
positivamente contra seus clientes com "desvio comportamental". De nada
adianta um trouble ticketing system que só indica quantos já foram
ignorados antes de vc...




More information about the gter mailing list