[GTER] Notas aleatórias sobre RFC 3271, reuniões do GT-ER e SPAM

Carlos Ribeiro carribeiro em yahoo.com
Domingo Abril 28 22:17:00 BRT 2002


Após (mais um) período de hibernação, finalmente consegui algum tempo para 
retornar à GT-ER... Pelo que pude ver, a lista vai muito bem, obrigado, com 
um bom nível de participações. Ainda bem (o movimento esteve meio fraco em 
meados do ano passado...) 

Vamos agora aos comentários aleatórios... Há quem deteste isso, mas acho que 
fica melhor do que N one-liners picados...

1) Alguém já viu a RFC 3271 - 'The Internet is for Everyone'? Parece 
interessante para fomentar a discussão sobre o crescimento da Internet e o 
seu valor como meio público de comunicação.
  
http://www.ietf.org/rfc/rfc3271.txt

2) Encontros do GT-ER pagos... dá para entender a controvérsia. Em resumo, há 
uma diferença clara entre um evento comercial e um evento auto-financiado. A 
organização de um evento qualquer fica bem cara; e os tempos do patrocínio a 
fundo perdido já eram... Para mim o mais importante é que as contas sejam 
absolutamente transparentes; assim não vejo nenhum impedimento em cobrar pela 
organização do evento.

3) SPAM. Vamos à realidade inevitável. O SPAM está aí para ficar, como muitas 
outras coisas. Para que seja efetiva, a luta contra o SPAM precisa ser 
ampliada. A maior parte dos comentários revela um bom conhecimento técnico do 
assunto, mas pouco conhecimento (e tato) legal e político. 

- Em primeiro lugar, números mais precisos. Os argumentos anti-spam, não 
interessa o quão bem-intencionados, raramente vem apoiados em números 
precisos. Coisas do tipo '90% dos emails' ou 'mais de 1 Mb de mensagens na 
minha caixa postal' não servem. Números claros poderiam colaborar com o 
trabalho de conscientização de nossos legisladores...

- Apoio jurídico. É importante criar uma base jurídica consistente para a 
luta anti-spam. Imagino que seja possível mobilizar algum advogado de peso 
para apoiar esta causa. Os números do SPAM (citados acima) são importantes, 
para estimar as possíveis perdas causadas pelo SPAM, dando força aos 
argumentos... e permitirá avaliar quanto é que vale a pena investir (em $$$) 
para possíveis despesas legais.

- Negociação. Infelizmente, a comunidade técnica costuma pecar nesse item 
importante... Há outros interesses em jogo, e dificilmente uma solução 100% 
técnica é viável politicamente.

- Também é importante reconhecer que certas formas legítimas de email beiram 
os limites éticos do SPAM. Por isso, mais do que nunca, é preciso estabelecer 
critérios claros que definam o que é considerado SPAM e o que não é. Feito 
isso, é preciso que a comunidade técnica aceite integralmente os critérios. 
Digo isto porque já vi situações em que emails legítimos são tachados de 
SPAM...

- Ainda sobre as regras claras, mais um ponto importante: as listas de 
bloqueio precisam se comportar sempre 'dentro da regra do jogo'. Critérios 
subjetivos para incluir um suposto spammer na lista não podem ser usados. 
Cada caso de inclusão na lista negra precisa ser criteriosamente analisado e 
documentado. Em caso de problemas posteriores com a justiça, este registro 
poderá ser a tábua de salvação.


Carlos Ribeiro
CTBC Telecom



More information about the gter mailing list