[GTER] RES: RES: Fragilidade da infra-estrutura de dados e voz

Julio Arruda jarruda-gter em jarruda.com
Quinta Novembro 13 18:51:28 BRST 2008


Toledo, Luis Carlos wrote:
> De fato Julio, os comentários são todos de carater pessoal, e opniões
> baseadas na quantidade de lágrimas dos lenços.
>
> Mas concorda que antes de se pensar na camada de serviço, deva-se pensar nos
> meios de transporte?
>
> Pelo que vejo, os problemas ainda estão no meio físico.
>
> Agora se os problemas fossem causados pelo estrangulando dos meios físicos
> de contingência, sinceramente não sei se é o caso, aí sim a solução é a
> priorização por serviço/produto.
>
> De qualquer forma seja pelo a ou pelo b, a impressão passada é de
> fragilidade do meio.
>
> Abs Toledo
>
>   
Bom, eu trabalhei muito pouco com SONET/SDH e etc, lembro que existia 
muita coisa 'por tras' da redundancia de 50ms e blabla..
Algumas vezes, ate por questoes de crescimento, ficavam pedacos da rede 
sem protecao durante um intervalo.

Ou, em mais de uma vez em que vi, iam fazer uma manutencao em um pedaco, 
e o path alternativo estava fora..
As vezes nao e' falta de planejamento, mas Murphy :-)..

(inclusive lembrei agora de um causo, a mais de 10 anos, com FDDI, em 
uma rede grande, em que o anel estava rompido, portanto 'wrapped', e 
foram dar manutencao em um router de backbone, e nao notaram ;-), virou 
dois segmentos ....comecou a dar alarme nas 3174 (? ou eram 3745, sei 
la), e os escambau, uma festa..



>> Um comentario adicional (pessoal, obviamente nao falo pela empresa)...
>>
>> Nas Americas, isto tambem ocorreu no mercado de varejo, em 
>> determinado grau, o 'buffet' de broadband..all you can eat..
>>
>> Foi o broadband sendo vendido como 'ilimitado', e os 
>> usuarios, com a re-evolucao do p2p (que nao deixa de ser uma 
>> 'ida para a borda' do velho usenet e etc :-)..quebraram tudo 
>> quanto era planejamento. Os calculos de receita por usuario, 
>> eram obviamente baseados em oversubscription. e se voce passa 
>> a ter uma parcela maior de usuarios 'pesados' :-)...
>> (cheguei a usar no Caribe uma ferramenta chamada Netcalc da 
>> Nortel, inclusive era gratuita, e era surreal voce comparar a 
>> realidade com o 'plano de 2 anos atras'.....era uma festa de 
>> links em vermelho ate os DSLAMs, nas projecoes em cascata, 
>> quando se tirava um bottleneck no peering edge :-)..
>>
>> Em alguns clientes, eu ja escutei que eles querem implementar 
>> DPI, mas sabem que tem que primeiro fazer isto para 'mostrar' 
>> para o cliente a banda usada, estilo PlusNet, com portais e 
>> etc, onde o usuario veja quanto esta gastando e como.
>> Somente depois disto estar 'na cabeca' do usuario de DSL, e' 
>> que eles podem aventar ir para o lado de cobrar diferente de 
>> quem e' usuario power-p2p e etc..
>>
>>
>> Luciano Pasqualini wrote:
>>     
>>> Análise perfeita Rubens !
>>>
>>> Luciano Pasqualini
>>>
>>> -----Mensagem original-----
>>> De: gter-bounces em eng.registro.br 
>>>       
>> [mailto:gter-bounces em eng.registro.br] 
>>     
>>> Em nome de Rubens Kuhl Jr.
>>> Enviada em: quinta-feira, 13 de novembro de 2008 12:55
>>> Para: Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes
>>> Assunto: Re: [GTER] Fragilidade da infra-estrutura de dados e voz
>>>
>>> Na outra ponta da balança, é bom notar que os consumidores 
>>>       
>> de telecom 
>>     
>>> estão há anos aplicando sobre seus fornecedores uma espécie 
>>>       
>> de Lei de 
>>     
>>> Moore em que o serviço deve dobrar de capacidade e cair 
>>>       
>> pelo custo à 
>>     
>>> metade a cada geração, sendo que não há (mais) ganhos de escala 
>>> tecnológicos para justificar isso, como aconteceu no tempo em que a 
>>> capacidade de transmissão das fibras ópticas subiu 
>>> estratosfericamente.
>>>
>>> Há disponiblização de equipamentos novos de menor custo por unidade 
>>> transmitida, mas não nessa proporção... assim, para atender 
>>>       
>> esse ganho 
>>     
>>> de escala alguma outra coisa tem que ser sacrificada, e é meio 
>>> evidente pelos apagões de onde isso tem saído...
>>>
>>>
>>> Rubens
>>>
>>>
>>>
>>> 2008/11/13 Toledo, Luis Carlos <lscrlstld em gmail.com>:
>>>   
>>>       
>>>> Senhores, é de se espantar a fragilidade da infra-estrututa de 
>>>> algumas empresas de grande porte de telecomunicação (acho 
>>>> desnecessário citar nomes).
>>>>
>>>> Mais espantoso ainda é o poder de investimento que possuem 
>>>>         
>> e a alta 
>>     
>>>> lucratividade aprensentada por estas, mas isso não traduzido em
>>>>     
>>>>         
>>> resiliência,
>>>   
>>>       
>>>> uma simples redundância ou um mísero link/equipamento de backup.
>>>>
>>>> Chega a ser trágicômico o tamanho do apagão causado por um único 
>>>> roteador "com mal funcionamento" ou uma/duas fibras rompidas.
>>>>
>>>> Capacidade de investimento e competência elas possuem de 
>>>>         
>> sobra. Por 
>>     
>>>> que mesmo assim ocorrem tais insidentes? Falta de planejamento 
>>>> estratégico
>>>>     
>>>>         
>>> e/ou
>>>   
>>>       
>>>> gestão de falhas? Alguem acreditando que fibra não rompe e em 
>>>> equipamentos infalíveis?
>>>>
>>>> Embora minhas conclusões estejam baseadas em fatos, minhas 
>>>>         
>> sinceras 
>>     
>>>> desculpas caso eu esteja enganado.
>>>>
>>>> Abs
>>>> Toledo
>>>>
>>>> --
>>>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>>>
>>>>     
>>>>         
>>> --
>>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>>
>>> --
>>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>>   
>>>       
>> --
>> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>>     
>
> --
> gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter
>   




More information about the gter mailing list