[GTER] Fibra da Telefonica rompe em dois lugares ... apagao VIVO, Speedy e dados ...

Jose Navas Junior technosoft em navas.adv.br
Quinta Novembro 13 11:17:44 BRST 2008


fonte -> www.jcnet.com.br


Cabo rompe e usuários ficam sem celular e Speedy por 5 horas

A tarde de ontem foi um verdadeiro caos para muita gente. Milhares de clientes da
operadora de telefonia móvel Vivo ficaram sem poder falar pelo celular das 16h às 21h de
ontem. De acordo com informações da assessoria de comunicação da Vivo, a falha foi
provocada pelo rompimento de cabos de fibra óptica de uma prestadora de serviço.
Informações davam conta de que além dos celulares da área de DDD 14, telefones dos
códigos 16, 17 e 18 também foram atingidos. Usuários do serviço de Internet banda larga
Speedy, da Telefônica, também ficaram desassistidos.

A falha não atingiu todos os usuários da Vivo. Aparentemente, os clientes que possuem
aparelhos com tecnologia CDMA, considerada mais antiga, foram poupados do “apagão”
telefônico. Já quem possui aparelhos com o sistema GSM - que utiliza chip - ficou
incomunicável.

A professora Selma Peres conta que a pane da telefonia causou muitos transtornos. Sem
poder contar com a comodidade do celular, teve que recorrer ao telefone fixo. “Só
aparecia uma mensagem de ‘apenas emergência’. Não conseguia ligar para ninguém e também
não recebia nenhuma ligação. Estava impossível”, conta.

Em nota oficial divulgada à imprensa, a Vivo informou que as falhas ocorridas em seus
sistemas foram provocadas pelo rompimento dos cabos de fibra óptica de uma empresa
prestadora de serviço. Apesar de não especificar onde ocorreram os problemas, o Jornal
da Cidade apurou que um dos rompimentos foi entre Bauru e Jaú, em cabos da empresa
Telefônica.

Depois de mais de quatro horas sem comunicação, os celulares voltaram a funcionar
normalmente por voltas das 21h. A nota divulgada pela Vivo afirmou que, apesar das
dificuldades, o serviço de telefonia móvel não ficou interrompido totalmente durante o
período.

Muita gente também enfrentou problemas com o Speedy. Em nota, a Telefônica informou que
o serviço foi interrompido em algumas cidades por conta dos rompimentos dos cabos.
Segundo o comunicado, um dos rompimentos foi na altura do quilômetro 94 da ferrovia sob
concessão da América Latina Logística (ALL), na região de Limeira. Ele foi provocado por
uma máquina que fazia manutenção para a empresa ferroviária.

O segundo rompimento ocorreu na altura do quilômetro ferroviário 366, também da ALL. De
acordo com a Telefônica, o temporal que atingiu a região provocou o deslizamento de
terra, que causou o dano. Segundo o informe, assim que o problema foi detectado, equipes
técnicas foram enviadas aos locais. A empresa informou que o serviço seria normalizado
até o final da noite de ontem.

Lígia Ligabue





More information about the gter mailing list