[GTER] RES: RES: Problemas na Embratel ?

Carlos Roberto Maciel Carneiro carlos.roberto.maciel em gmail.com
Quinta Novembro 6 10:09:05 BRST 2008


Luciano,

A luta pelo mercado é saudável, e natural porém a depreciação da qualidade 
de determinado serviço com o objetivo de ganhar mercado tem sim leis 
especificas e inclusive a nivel internacional.
O problema que técnicamente é dificil de se comprovar (veja a briga no 
exterior contra o traffic shapping onde levaram ANOS para comprovar que um 
provedor fazia), talvez aí se encontra a dificuldade de se recorrer aos 
meios judiciais.

Porém entidades e órgãos nacionais e internacionas que "regulam" a Internet 
poderiam sim vir a intervir nessas questões como também a criação de indices 
nacionais e/ou internacionais de qualidade do serviço.
O impacto da imagem no mercado sobre determinado serviço poderá ser 
fundamental para que se ocorra uma mudança de postura.

Imagina a Nic.Br com uma lista onde informa que a Embratel ou Global 
Crossing está abaixo dos indices de qualidade e prestação do serviço 
adequado, o peso na imagem da empresa e do serviço, como também com a ampla 
e massiva divulgação da lista isso pode fazer com que ocorram mudanças.
(São medidas mais "politicas" do que efetivas, mas pode sim vir a ajudar a 
melhorar o cenário nacional, que está sofrivel em determinadas regiões)

Acompanho casos onde algumas operadoras promovem verdadeiros apagões de 
internet em cidades e regiões por dias e dias e nada é noticiado porque fica 
longe dos grandes centros portanto da imprensa.
Mas isso ocorre semanalmente em diversas cidades do Brasil.

Att.
Carlos Roberto M. Carneiro


----- Original Message ----- 
From: "Luciano Pimenta" <pimenta em telbrax.com.br>
To: "'Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes'" 
<gter em eng.registro.br>
Sent: Thursday, November 06, 2008 8:21 AM
Subject: [GTER] RES: RES: Problemas na Embratel ?


Srs. participei de algumas negociações com estas empresas. O problema é a
luta pela divisão de mercado.Isto é, quem tiver mais conteúdo em sua rede
recebe dinheiro daqueles que buscarem este conteúdo. Assim uma empresa para
atrair conteúdo tem que mostrar que sua rede está mais conectada. Começam aí
as batalhas técnicas: o que vier do fulano mando para Miami ou N. York para
aumentar a latência e assim vai. Não existe uma regra ou lei para forçar o
menor caminho. Acho que em nenhum país do mundo tem isto regulado. Um
abraço, Luciano

-----Mensagem original-----
De: gter-bounces em eng.registro.br [mailto:gter-bounces em eng.registro.br] Em
nome de Carlos Roberto Maciel Carneiro
Enviada em: quarta-feira, 5 de novembro de 2008 22:29
Para: Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes
Assunto: Re: [GTER] RES: Problemas na Embratel ?
Prioridade: Alta

Marlon,

Existe uma diferença enorme;
A Petrobras só indica porque se uma fibra romper o prejuizo é direto e
imediato para a empresa que possui as suas comunicações e o prejuizo por
hora parada é de milhões de dolares.

Para uma operadora uma parada do serviço é alguns técnicos reclamando porque

não aguenta mais o chefe reclamar que está sem acesso a rede ou está lenta
ou algum outro tipo de reclamação.
No máximo recorre-se a medidas judiciais que leva uma eternidade para sair
qualquer decisao (e quando sai).
Não temos uma Agência Reguladora nem uma eficacia no sistema judiciario
brasileiro.
Isso tudo justifica!

O dia que as operadoras passarem a serem multadas sem a possibilidade de
postergarem ou recorrerem, enfim começarem a sentir no bolso, talvez o
cenário comece a mudar.

Att.
Carlos Roberto M. Carneiro



----- Original Message ----- 
From: "MARLON BORBA" <MBORBA em trf3.jus.br>
To: "'Grupo de Trabalho de Engenharia e Operacao de Redes'"
<gter em eng.registro.br>
Sent: Wednesday, November 05, 2008 4:57 PM
Subject: Re: [GTER] RES: Problemas na Embratel ?


Fibras rompem-se, assim, "do nada"? Não teria alguém escavado em local
impróprio?
Fico perguntando-me se não deveríamos colocar marcadores, com os
dizeres "Fibra Enterrada - Não Escave", como fez a Petrobrás nos locais
onde passam suas tubulações...


-- 

Abraços,

Marlon Borba, CISSP, APC DataCenter Associate
Técnico Judiciário · Segurança da Informação
IPv6 Evangelist · MoReq-Jus Evangelist
TRF 3 Região
(11) 3012-1683
--
Practically no IT system is risk free.
(NIST Special Publication 800-30)
--


Em 5/11/2008 às 15:54, "Toledo, Luis Carlos" <lscrlstld em gmail.com>
gravou:

> Tivemos alguma intermitência com a globalcrossing, segundo me
informaram
> (sem muitos detalhes), houve rompimento de fibra em SP e RJ na
sexta-feira
> 31/Out. Interessante que utilizei até ontem Telefonica e Embratel
para
> compensar...

[...]

--
gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter

--
gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter

--
gter list    https://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter




More information about the gter mailing list