[GTER] GTER deve permanecer GRATIS !

Claus Rugani Topke claus em kerntec.net
Sexta Abril 12 14:18:00 BRT 2002


Olá Adriano !
Meus comentários a seguir !

At 12:41 12/4/2002 -0300, you wrote:
>         Caros colegas, venho através deste REAFIRMAR as colocações que 
> fiz na reunião, e justificar a razão delas.
>
>         Antes que eu me esqueça: estas opiniões REPRESENTAM a opinião da 
> minha instituição E de meu empregador.
>
>Segue meu modelo OSI de raciocínio, justificando minha opnião.
>
>---
>7.APLICAÇÃO) A reunião do GTER deve permanacer grátis. Cobrar não 
>necessariamente vai definir se o evento é de bom nível ou não.

Concordo.

>---
>6.APRESENTAÇÃO) Se, no momento, ainda existem recursos que permitam que 
>ele seja gratuito, não há razão para cobrar. O CG desempenha um papel 
>muito importante no custeio deste evento, e o faz de forma MUITO POSITIVA. 
>A obtenção de patrocínios é um modelo muito bom.

Não, nem todos os recursos estão cobertos. Se tivessem cobertos, o 
Frederico e o pessoal do Registro não tinha tirado o couro para
finalizar os detalhes. Se tivessemos a quantidade correta de dinheiro uma 
empresa de eventos deveria ser contratada para cuidar de tudo,
das incrições até a escolha do local...

>---
>5.SESSÃO) Cobrar vai trazer mais dificuldade logística e complicação para 
>a organização do evento.

Uma vez definida a logística, e ajustada corretamente, este problema some. 
Ou seja, é apenas inicial !
Ainda mais que é o pessoal do Adriano que vai fazer o sistema de 
"pagamentos" no site ! :-)

>---
>4.TRANSPORTE) A cobrança vai trazer complicações para quem tem dificuldade 
>burocrática em pagar. Se for cobrado, posso garantir que ninguém da UNESP 
>vai poder ir, porque para pagar R$ 100,00 nós temos de preencher 10 
>formulários e pegar 6 assinaturas e demora no mínimo 30 dias. A burocracia 
>não compensa. Não estou puxando a sardinha pra mim, pois tenho certeza que 
>muitos estarão na mesma situação.

Será que se este evento for no Rio o pessoal da UNESP poderá ir ?


>---
>3.REDE) Existe risco do evento se tornar muito comercial, visando lucro 
>(afinal, todo mundo gosta de dinheiro; eu inclusive).

Essa preocupação não é válida, uma vez que existe um "comitê" que acompanha 
os eventos e seleciona as apresentações.
Basta que este comitê exista, e acompanhe sempre o andamento das reuniões...


>---
>2.ENLACE) Nosso país é pobre. R$ 100,00 pode não fazer diferença para 
>alguns, mas faz para muita gente. Cobrar vai aumentar ainda mais o já 
>elitizado grupo de pessoas que possuem conhecimento sobre alta-tecnologia 
>de redes e inibir quem está começando. Não é disso que precisamos. Apesar 
>de muita gente não se manifestar, tenho certeza que muitos não podem pagar 
>R$ 100 do bolso. Eu não posso.

Podemos seguir a metodologia de combraça do SBRC:
http://www.nce.ufrj.br/sbrc2002/index.html
Ou criar um outro onde instituições de ensino não pagam.


>---
>1.FÍSICA) A cobrança pode espantar aqueles colaboradores usuais que têm 
>por princípio que o evento deva ser gratuito.

Muitas redes não participam porque não tem dinheiro para enviar seus 
profissionais para os eventos.
A cobraça do GTER é menor que 1/10 do gasto.
Imagine o pessoal que veio do Rio para São Paulo, arredondando: R$400 
(Passagem), R$40 (táxi), R$120 (Hotel),
R$40 (alimentação)... TOTAL: R$600,00.
R$50,00 é menos de 10% !

>---
>
>         Finalmente, acho que deve ter um meio de controlar rigidamente 
> quem se inscreve e não participa.

Como ? Qual sugestão ?


>         Gostaria de saber o resultado das fichas de avaliação que 
> perguntam se os participantes estão dispostos a pagar. Acho que esta 
> questão ainda não deve ser encerrada.
>
>         Não estou querendo polemizar com ninguém. É apenas meu ponto de 
> vista (e de meu empregador).

Acho que o seu empregador não precisa se preocupar, uma vez que as 
instituições acadêmicas poderiam participar sem pagar.
Os desempregados podem ter o mesmo privilégio.

Por favor não leve estes comentários de forma obrigatória. O importante é 
lembrar o quanto somos imparciais em uma escolha.
Se voce for ver pelo lado do gasto, as reunioes em São Paulo são como se 
fossem equivalentes a R$600,00 de inscrição se elas
fossem no Rio para o pessoal do Rio....

Abração,
Claus






More information about the gter mailing list