[GTER] As propostas sobre a mesa

Demi Getschko demi em agestado.com.br
Terça Abril 9 15:47:00 BRT 2002


Em linhas gerais concordo (nesse ponto) com o Wecke.

demi

Hermann Wecke wrote:

> On Tue, 9 Apr 2002, Danton Nunes wrote:
>
> > > *Cobrar entre R$100 e R$200 (excecao para pessoas envolvidas com o GTER,
> > > estudantes e desempregados)
> >
> > nada contra. vender camisetas, cdroms e outras quinquilharias com a
> > marca do GTER pode ser uma fonte complementar de recursos.
> >
> > >   - Atualizacao do website
> > >   - tutoriais
> > >   - Camisas
> >
> > camisetas com logo do GTER poderiam ser vendidas nos eventos e depois via
> > web.
>
> Já que é pra opinar, vamos lá:
> Acho que deveria ser cobrada uma taxa, mesmo que relativamente simbólica
> (R$ 50, no máximo R$ 100) e este valor "revertido" em brindes diversos
> para quem realmente comparecesse. Ou um brinde mais a "garantia" do
> pagamento da refeição, caso não haja um patrocinador que banque o
> banquete! ;-)
>
> Os únicos isentos deveriam ser os membros de universidades públicas,
> devidamente reconhecidas pela GT-ER convidadas do NBSO, no caso de
> interesse de segurança.
>
> Os demais - incluindo aí os desempregados e os estudantes - pagariam como
> todas a taxa simbólica. Ou, como ocorre nos EUA pelo menos, os estudantes
> que comprovem a situação tem direito a pagar um preço mais módico.
>
> Tendo em vista o apoio do CG para pagar as despesas técnicas e
> logísticas do evento, não vejo necessidade de cobrar uma fortuna (R$ 200)
> só para dizer que estamos cobrando pelo evento.
>
> Uma outra forma de cobrar seria por "antecedência" ao evento. Quanto antes
> a pessoa confirmar e pagar, menos pagaria... Para isso só existe a
> necessidade de definir com "rigor" as datas dos próximos eventos.
>
> Essa foi minha colherada no assunto...
>
> --
> GTER list    http://eng.registro.br/mailman/listinfo/gter




More information about the gter mailing list