[GTER] RE: spam (Era: assuntos para o GTER)

Rubens Kuhl Jr. rubens em email.com
Terça Abril 2 12:27:01 BRT 2002


O aumento de spam originado em serviços de banda-larga está relacionado
mais com a característica de ausência de custo por hora para a conexão
do que com o fato de ser banda larga; o spammer sempre procura o custo
mínimo, e é atacando a balança de custos do spammer que se tem as
medidas mais efetivas para evitar a geração de spam. A tarifação de
upstream seria uma possibilidade, mas num ambiente com proliferação de
trocas de arquivos via peer-to-peer, o spammer não se destacaria em uso
de banda dos usuários normais do sistema.

Outro motivo para forte de presença de spammers em banda-larga é a
anonimicidade e irresponsividade associada a alguns serviços
(especialmente Speedy e Virtua); as medidas para evitar isso não mudaram
nos últimos anos e já constavam de "Recomendações para o Desenvolvimento
e Operação da Internet no Brasil" (19/08/1999),
http://www.cg.org.br/acoes/desenvolvimento.htm

A manutenção de listas é algo de escopo mundial, pois não adianta fechar
os dial-ups locais e deixar o pessoal usar open-proxies da Coréia para
entregar e-mails... Spammer é como água correndo na calçada, sempre acha
os buracos.


Rubens Kühl Jr.
 


-----Original Message-----
From: gter-admin em eng.registro.br [mailto:gter-admin em eng.registro.br] On
Behalf Of Danton Nunes
Sent: Tuesday, April 02, 2002 8:49 AM
To: gter em eng.registro.br
Subject: [GTER] assuntos para o GTER


2. Recomendações para provedores de acesso e serviços para a contenção
da praga do SPAM. Além de encher o saco, SPAM tem se tornado um
verdadeiro ataque de negação de serviço ao entupir discos e filas e
consumir banda com lixo. Com serviços de acesso de banda larga a praga
tem aumentado 
muito e, em parte, por falta de medidas profiláticas dos provedores. O
speedy da Telefônica, por exemplo, é um notório ninho de spammers. Há,
porém, medidas relativamente simples para impedir ou limitar a produção
de waste-mail. Acredito que caberia ao GTER discutir essas 
medidas, sua eficácia e produzir uma recomendação para os provedores.
Algumas medidas em que acredito: policy routing para forçar o tráfego de
e-mail a passar por pontos de controle, tarifação do tráfego 'upstream',
limitação de banda por tipo de serviço, manutenção de listas negras,
listas de dial-ups/adsl's, listas de relays abertos, entre outros.





More information about the gter mailing list